segunda-feira, 4 de junho de 2012



Mulher mais linda em seus cabelos
Moldura da face o veludo da pele
Em seu aposento envolto em sonhos
Suas fantasias o poder de amar
A magia de um olhar sereno
Faz tocar de leve os sentidos
Em suas veste de sensualidade inspira a volúpia
Perdição do pecado em seu olhar carente
Em seu corpo ferve as delicias
De pernas torneadas em busca do amor
Com sabor de loucura
Faz fluir o licor com sabor de você
Sorriso sapeca de pura alegria
Caminhar que deslumbra e faz amar
Estar em seu corpo febril em pura energia
Refrescar-se com o vinho escorrido em seu corpo
Seu gosto escorrendo no canto da boca
Prazer insinuante que emana em seu cheiro
Puro e tempestivo do querer amar
Sua fúria friccionada dos nossos corpos
Freneticamente vivo em seus lençóis
Deixando as marcas de nosso suor
Inteiros caíram felizes por amar
Abrigo meu corpo curvado ao seu




Helio Ramos de Oliveira
ISBN 978-85-7923-552-8
Lei de direito autoral (nº 9610/98)

Nenhum comentário:

Postar um comentário